fbpx
WEE1’E32
1R24T1T3TY •

Retinopatia Diabética

Retinopatia Diabética
4 de abril de 2015

Você sabia que o diabetes pode afetar sua visão?

Na CEVIPA, consideramos muito importante que compreenda sobre seu diagnóstico e a importância do acompanhamento regular, para assim manter sua saúde ocular a curto, médio e também a longo prazo. Dr. Fernando Bettega, médico oftalmologista da CEVIPA e especialista em Retina, responde algumas dúvidas comuns sobre retinopatia diabética.

O QUE É RETINA?

            A retina é o local onde a visão é formada. É representada por uma fina camada de tecido que situa-se na parte interna e posterior do olho. O propósito da retina é receber luz que a córnea e a lente de seus olhos focaram e converte-la em sinais nervosos, que são enviados ao cérebro para reconhecimento visual.

retinoplastia-diabetica-01

COMO O DIABETES MELITUS (DM) PODE INFLUENCIAR A RETINA E A VISÃO?

A microvasculatura da retina é considerada um órgão avo, ou seja, pode ser o primeiro local do corpo a dar sinais que a doença não esteja devidamente controlada.

Diabéticos devem realizar o exame de mapeamento de retina periodicamente, ao menos uma vez ao ano, pois alterações nos vasos podem alertar seu endocrinologista a um controle mais rígido. Na CEVIPA Oftalmologia, buscamos atuar juntos, oftalmologista e endocrinologista, buscando um melhor controle de sua diabetes. Na vigência de alterações, sempre comunicaremos seu endocrinologista, pois como informado, uma lesão na retina causada pelo DM mostra um potencial risco para afetar outros órgãos como o coração, rim e cérebro por exemplo.

Quando as alterações retinianas são mais graves, na fase da retinopatia chamada de proliferativa, pode haver ameaça a visão, devido a sangramento, vazamento de sangue e fluído e descolamento de retina.

retinoplastia-diabetica-02

Imagens demonstram retina normal a esquerda e alterações presentes na retinopatia diabética.

 EXISTE ALGUMA PREVENÇÃO PARA SE MANTER UMA BOA VISÃO NA RETINOPATIA DIABÉTICA?

Sim, ao se detectar algumas alterações específicas, pode-se realizar tratamento com laser, evitar a progressão da retinopatia e preservar a visão. Infelizmente muitos pacientes com retinopatia diabética retornam apenas anos após o diagnóstico, já com a doença em fases mais avançadas e sequelas visuais.  A retinopatia diabética é uma das principais causas de cegueira no mundo.

A frase “A prevenção é o melhor remédio” mostra-se extremamente verdadeira na retinopatia diabética.

Detecção precoce, tratamento no momento correto e acompanhamento adequado podem proteger contra a perda da visão.

Mesmo na presença de complicações decorrentes da retinopatia diabética, embora nem sempre possa haver recuperação total da visão, tratamentos podem ser realizados com laser, aplicação intraocular de substâncias chamadas antiangiogênicos e cirurgia.

Seguindo essas recomendações, você pode preservar sua visão:

  • Faça os exames solicitados pelo seu médico.
  • Mantenha controle clínico e as consultas em dia com seu endocrinologista.
  • Tomar suas medicações regularmente, permanecer fisicamente ativo e manter uma dieta saudável pode prevenir ou adiar alterações visuais.
  • Retorne sempre para reavaliação oftalmológica na data solicitada.

Assista o vídeo abaixo e confira mais informações:

Postado em Blog por cevipa