PRESBIOPIA

PRESBIOPIA
1 de agosto de 2014

Fique informado sobre a Presbiopia:

COMO OCORRE O FOCO PARA PERTO?

Quando você é jovem, a lente de seus olhos é mole e flexível. Com a contração do músculo ciliar, a lente muda a sua forma permitindo-o focar em objetos próximos, e quando esta se relaxa, o foco vai para longe.

E O QUE OCORRE NA PRESBIOPIA?

A presbiopia ou vista cansada, costuma se iniciar por volta dos 40 anos, quando se inicia o relaxamento progressivo do músculo ciliar conjuntamente a uma maior rigidez da lente de seu olho, que já não muda sua forma como antes, deixando a leitura para perto cada vez mais difícil, até que a lente fica totalmente sem flexibilidade por volta de 60 anos, idade esta, em que o grau para perto costuma se estabilizar.

Se uma pessoa tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo, essas condições irão se combinar a presbiopia. Presença de miopia pode gerar menos problemas com a presbiopia.

QUAIS OS SINTOMAS DA PRESBIOPIA?

Letras aparecem borradas na distância de leitura. Na fase inicial da presbiopia, quando afastados a uma distância maior que a habitual, ainda podem ser vistos.

Necessidade de ambiente iluminado para leitura.

Mais dificuldades na visão para perto no final da tarde e a noite ou mesmo dor de cabeça, quando a musculatura já está mais cansada e age em menor grau para a compensação na visão para perto.

presbiopia-01

QUAIS AS OPÇÕES PARA PRESBIOPIA?

Se você tem presbiopia, há diferentes opções para uma boa visão para perto. Caso tenha interesse por alguma destas em que ainda não esta acostumado, converse com seu oftalmologista, que poderá lhe dar maiores detalhes em relação aos benefícios de cada uma das opções para que você tome a melhor decisão para seu caso:

  • ÓCULOS
  • LENTES DE CONTATO
  • CIRURGIA REFRATIVA
  • IMPLANTE DE LENTE INTRA OCULAR.

COMO O ÓCULOS PODE CORRIGIR A PRESBIOPIA?

  • Óculos para perto:

Fornece visão nítida próximo de 40 cm de distância da leitura. É indicado exclusivamente nas atividades de perto no caso de presbiopia e ótima visão para longe sem uso de óculos. Pode haver dificuldade na visão intermediária, como com uso do computador, que geralmente esta entre 60-80 cm.

Com essa freqüente queixa, foram desenvolvidas lentes destinadas ao uso de perto/intermediária, que permitem uma visão nítida estendida a 1 metro de distância. Essas lentes tem a vantagem de proporcionar uma melhor visão intermediária e permitir uma melhor visão em ambientes pequenos, como escritórios, não necessitando ser retiradas a todo momento, como no tradicional óculos para perto.

  • Óculos multifocais ou progressivos: São os óculos mais usados para presbiopia. Fornecem excelente visão para perto e longe. Apresenta a vantagem de praticidade para o dia a dia, já que com o uso de óculos, sua visão ficará boa a todas as distâncias.

Confira dicas para a escolha dos seus óculos multifocais/progressivos:

  • Sua adaptação costuma ser difícil, principalmente nas primeiras semanas de uso, em que você pode sentir a necessidade de mudar a posição de sua cabeça para melhorar o foco a determinadas distâncias. Na maioria dos casos, esse incômodo melhora com o decorrer das primeiras semanas de uso.

QUAIS AS CAUSAS DE NÃO ADAPTAÇÃO AO ÓCULOS MULTIFOCAL?

A dificuldade inicial, sempre que você faz um novo óculos, é normal e inclusive esperada, mas caso as queixas se mantenham após as primeiras semanas de uso, há algumas diferentes possibilidades para sua não adaptação:

presbiopia-02

  • Primeiramente deve-se afastar a possibilidade que o grau das lentes não estejam de acordo com a prescrição, caso haja diferença, seu médico solicita a ótica uma nova confecção.
  • Para montar suas lentes multifocais, a ótica faz uma série de medidas que quando não adequadas, podem influenciar na adaptação. As fontes mais comuns de dificuldade são: centro ótico deve coincidir com o centro da pupila, distância pupilar entre as lentes deve coincidir com a distância entre as pupilas, a escolha da armação deve envolver uma lente com altura adequada para a confecção de lentes multifocais e a parte inferior da lente, que é destinada a visão de perto, não pode estar demasiadamente baixa ou muito próxima do centro ótico.
  • Lentes Multifocais costumam ter alguma restrição no campo de visão e causar distorções e quanto mais simples for a lente escolhida, maiores serão essas limitações. Com o avanço da tecnologia, temos no mercado lentes em que o campo visual é minimamente afetado e as distorções podem ser, inclusive, inexistente, porém o custo acaba sendo mais alto.

NÃO ME ADAPTEI AO ÓCULOS MULTIFOCAL, QUAIS MINHAS OPÇÕES?

Quem não se adapta com o óculos multifocal, pode avaliar usar óculos separados, para longe e perto.

A vantagem é uma adaptação mais fácil, porém a falta de praticidade no dia a dia, acaba limitando essa indicação. Por exemplo: Caso esteja caminhando, estará usando sua visão para longe, usando portanto seus óculos para longe, ao olhar para seu celular, precisará trocar o óculos e ao voltar a caminhar terá que fazer uma nova troca, dessa vez para a distância.

Casos de miopia leve, pode utilizar óculos apenas para longe e retirar o óculos para a visão de perto, uma vez que a miopia baixa, mantém uma boa visão para perto boa sem uso de óculos.

Outras opções são lentes de contato, cirurgia refrativa e implante de lente intraocular.

presbiopia-05

Esta pode ser uma boa opção para uso diário ou mesmo para uso esporádico e práticas esportivas.  As lentes de contato multifocais proporcionam boa qualidade visual para perto e longe em ambos os olhos. Requer cuidados rigorosos no manuseio e limpeza para ser usada com segurança.

HÁ ALGUMA OUTRA OPÇÃO PARA LENTES DE CONTATO?

Existe a monovisão: um olho é corrigido para perto e o outro para longe.

Desta forma sua visão com os dois olhos fica satisfatória para todas as distâncias. Há uma diminuição na percepção de profundidade e constraste. Antes de se iniciar o uso da monovisão, costuma-se fazer um teste, com uma simulação previamente ao início de seu uso.

O QUE A CIRURGIA REFRATIVA PODE FAZER PARA PRESBIOPIA? 

A cirurgia refrativa regulariza a córnea através do uso do excimer laser, deixando-a mais plana no caso da miopia,  mais curva na hipermteropia e com curvatura semelhantes entre os meridicanos no astigmatismo, desta forma a imagem passa a ser formada na retina, propiciando uma excelente qualidade visual, reduzindo ou mesmo retirando a necessidade no uso de óculos e lentes de contato. Com o avanço na tecnologia dos exames, para sua indicação mais precisa, e no laser, a cirurgia refrativa apresenta alta segurança e preditibilidade.  A cirurgia é realizada com anestesia local, tem duração em torno de 10-15 minutos e uma rápida recuperação visual.

No caso da presbiopia pode-se eliminar o grau de longe, diminuindo ou mesmo eliminando a necessidade de uso de óculos ou lentes de contato para a distância. Nessa circunstância, é necessário uso de óculos apenas para perto.

Pode-se também realizar o tratamento refrativo a laser com a monovisão. Em que um olho é tratado para longe e o outro para perto. Para avaliar a satisfação em relação a um pos[ivel tratamento a laser através da monovisão, é possível fazer uma simulação prévia com uso de lentes de contato, essas lentes simulariam como o resultado da monovisão ficará, geralmente são deixadas em torno de 03 dias para uma melhor avaliação.

HÁ ALGUMA OPÇÃO CIRÚRGICA QUE PODE ME DEIXAR COM BOA VISÃO PARA PERTO E LONGE SEM USO DE ÓCULOS?

Sim, na facectomia a lente natural de seus olhos é retirada, da mesma forma como a cirurgia de catarata, porém a lente a ser implantada é uma lente especial multifocal.

Essa lente é implantada uma única vez, não havendo necessidade de troca ou manutenção. A cirurgia é feita com anestesia local e sedação, tem duração inferior a 30 minutos e rápida recuperação visual. Os resultados costumam ser excelentes, com ótima qualidade visual para perto e para longe. Embora a maioria faça todas suas atividades com independência no uso dos óculos e lentes de contato, em poucos casos, pode-se preferir seu uso para algumas atividades específicas, portanto há independência ou diminuição importante na dependência no uso de óculos e lentes de contato.

Assista o vídeo abaixo e confira mais informações:

drmichel

Dr. Michel Rubin – Especialista em Glaucoma, Catarata e Cirurgia Refrativa.

Postado em Blog por cevipa