fbpx
WEE1’E32
1R24T1T3TY •

CIRURGIA DE CATARATA: TRIPÉ PARA O SUCESSO

29 de junho de 2020

Quando recebemos o diagnóstico de CATARATA, uma das principais dúvidas é sobre a segurança do procedimento.

Dr. Michel Rubin, com formação na Santa Casa de São Paulo e Universidade da California em San Francisco, preceptor de Catarata em Curitiba pelo Hospital Angelina Caron e médico voluntário da ONG Expedicionários da Saúde onde realiza cirurgia de catarata a índios isolados na Amazônia, orienta sobre as principais dúvidas relacionadas ao procedimento.

A cirurgia moderna de catarata é pouco invasiva e muito segura, apresenta um dos maiores índices de sucesso em toda medicina!

Costumo dividir o sucesso cirúrgico de catarata em um tripé, que envolve:

    1. SELEÇÃO E PREPARO

Fazer um exame completo e minucioso, pois é comum que outras alterações não diagnosticadas e tratadas adequadamente, possam interferir no resultado da cirurgia de catarata. Olho seco, glaucoma, córneas irregulares e degeneração da retina são exemplos de alterações, que requerem diagnóstico antes da indicação cirúrgica e escolha da lente intra-ocular (LIO) a ser implantada. A escolha da LIO é um capítulo a parte, deve

Postado em Sem categoria por cevipa
29 de janeiro de 2019

Pontos cegos vão aparecendo na visão conforme o Glaucoma danifica as fibras do nervo óptico, se todo o nervo for destruído, você pode ficar completamente cego daquele olho. O nervo óptico é como um cabo elétrico, composto de inúmeras fibras nervosas que transportam imagem para o cérebro. Quanto mais danos há, mais manchas brancas começarão a aparecer no seu campo de visão. Muitas pessoas não notam esses pontos brancos, até que o nervo óptico esteja muito danificado e essas manchas se tornem grandes demais. No vídeo, há uma pequena simulação de como seria uma visão com Glaucoma. Agende sua consulta com um oftalmologista e previna-se.  

Postado em Sem categoria por cevipa
31 de julho de 2014

Dr. Michel Rubin, especialista em Glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e University of Caliornia San Francisco, irá responder a algumas questões que o fará entender qual o risco de um ângulo oclusivo e como é feito seu tratamento.

COMO É A PRODUÇÃO E DRENAGEM DO LÍQUIDO PRODUZIDO NO OLHO (HUMOR AQUOSO)?

Deve haver um equilíbrio entre o líquido que é produzido e drenado no olho. Etse líquido é chamado humor aquoso, é produzido pelo corpo ciliar e circula dentro do olho. Possuí como seu local principal de absorção, a malha trabecular que fica localizada no ângulo formado entre a parte colorida do olho (íris) e a tampa transparente (que é a córnea), conforme foto abaixo.angulo-oclusivel

COMO SE VERIFICA O ÂNGULO OCLUSIVO?

Em um exame chamado gonioscopia, se verifica dentre outras informações, o grau de abertura desse ângulo. Quando este ângulo é muito estreito, se denomina ângulo oclusivo, nesse caso há possibilidade deste ângulo se fechar subitamente.

Postado em Sem categoria por cevipa
Bem vindo a Cevipa Oftalmologia!
Como podemos lhe ajudar?
Powered by