Suspeita de Glaucoma? Saiba mais

18 de agosto de 2016

Este diagnóstico pode gerar confusão e mesmo insegurança, já que o termo suspeito não confirma ou excluí o diagnóstico. Dr, Michel Rubin, especialista em Glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e Universidade da California – San Francisco, responde a questionamentos sobre o glaucoma e a importância do seguimento adequado para os pacientes com propensão a desenvolver glaucoma.

Caso tenha qualquer dúvida, não hesite em nos contactar, através do e-mail: atendimento@cevipa.com.br ou pelo telefone (41) 3029.0099.

O QUE É GLAUCOMA?

Glaucoma é uma doença que afeta aproximadamente 4% da população acima de 40 anos e pode levar a perda progressiva do campo de visão, sem provocar sintomas, já que a visão central continua normal. Quando a dificuldade visual é notada, a visão já foi seriamente comprometida e o risco de cegueira torna-se grande. Infelizmente, a perda de visão devido ao Glaucoma é irreversível, mesmo com tratamento, que pode ser com colírios, laser ou cirúrgico.

suspeita-glaucoma-01

Postado em Blog por cevipa
18 de agosto de 2016

Fique por dentro do que é a Meibomite e quais os seus tratamentos:

O QUE É MEIBOMITE/BLEFARITE?

É uma inflamação da margem palpebral, que ocorre junto à parte interna ou externa da margem dos cílios e costuma deixar os olhos irritados.

meibomite 01

QUAIS SÃO AS CAUSAS?

Excesso de oleosidade na pele, infecções bacterianas, alterações hormonais, exposição a agentes irritativos como poeira, fumaça ou pó e alterações dermatológicas locais são as causas mais comuns para seu aparecimento.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA BLEFARITE E DA MEIBOMITE?

Irritação ocular, com vermelhidão, ardência, ressecamento ocular e secreção podem ocorrer em conjunto ou isoladamente.

A inflamação altera a composição da lágrima, assim esta pode evaporar a uma velocidade maior que o habitual tornando o olho seco.

Postado em Blog por cevipa
18 de agosto de 2016

Existem diversas opções para correção de seu astigmatismo.

Dr. Michel Rubin, médico oftalmologista da CEVIPA, especialista em cirurgia refrativa, catarata e glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, esclarece dúvidas comuns sobre o astigmatismo, para que você compreenda sobre sua ametropia e tenha acesso e conhecimento a todas as opções para tratamento e assim tome a melhor decisão para o seu caso. Confira:

SAIBA O QUE É ASTIGMATISMO: 

A córnea  e/ou cristalino apresenta uma imperfeição em sua curvatura. Normalmente a córnea apresenta curvatura iguais em todas as direções, ajudando a direcionar o foco luminoso diretamente na retina. Entretanto quando a córnea e/ou lente não apresenta a mesma curvatura entre seus meridianos, os raios luminosos não são refratados adequadamente. Com isso sua visão para perto e longe aparece borrada e distorcida. Algo semelhante com o que acontece com aqueles espelhos engraçados em que sua aparência pode parecer mais alta, larga ou fina.

Postado em Blog por cevipa
5 de agosto de 2016

Você sabia que a hipertensão arterial pode afetar sua visão?

Na CEVIPA, consideramos muito importante que compreenda sobre seu diagnóstico e a importância do acompanhamento regular, para assim manter sua saúde ocular a curto, médio e também a longo prazo. Dr. Fernando Bettega, médico oftalmologista da CEVIPA e especialista em Retina, responde algumas dúvidas comuns sobre retinopatia hipertensiva.

O QUE É RETINA?

            A retina é o local onde a visão é formada. É representada por uma fina camada de tecido que se situa na parte interna e posterior do olho. O propósito da retina é receber luz que a córnea e a lente de seus olhos focaram e converte-la em sinais nervosos, que são enviados ao cérebro para reconhecimento visual.

retinoplastia-hipertensiva-01

COMO A HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) PODE INFLUENCIAR A RETINA E A VISÃO?

Postado em Blog por cevipa

5 de agosto de 2016

OPACIDADE DE CÁPSULA posterior pode acontecer após a cirurgia de catarata, Dr. Michel Rubin, médico oftalmologista da CEVIPA com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, traz informações para que você fique bem informado. Confira:

O QUE É OPACIDADE CAPSULAR POSTERIOR?

Na cirurgia de catarata, após a retirada do cristalino que está opaco (lente natural do olho), é implantada uma lente artificial dentro de seus olhos. Esta lente é implantada em um suporte que a manterá na sua devida posição, o nome desse suporte é cápsula posterior.

Em aproximadamente 10% dos casos após a cirurgia de catarata, esse suporte pode apresentar opacificação, deixando a visão menos nítida.

opacidade-capsular-01

LENTE INTRA OCULAR IMPLANTADA EM CÁPSULA POSTERIOR SEM OPACIFICAÇÃO.

Postado em Blog por cevipa
5 de agosto de 2016

Dr. Michel Rubin, médico oftalmologista da CEVIPA, especialista em cirurgia refrativa, catarata e glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, lhe preparou um material explicativo para que você compreenda sobre sua miopia e tenha acesso a todas opções para tratamento e assim tome a melhor decisão para o seu caso. Confira:

MIOPIA: O QUE É E PORQUE ELA OCORRE?

Representa a ametropia mais freqüente e sua incidência vem aumentando.

A causa envolve fatores genéticos e ambientais. Alguns estudos vêm demonstrando que a falta de atividades ao ar livre, algo tão comum nos dias de hoje, pode estar relacionada ao seu aumento.

Olhos míopes costumam ter um diâmetro axial (tamanho) aumentado e/ou córnea com maior curvatura.

A imagem é focada antes da retina, isso produz baixa visão principalmente para longe. Seu grau costuma aumentar progressivamente, até estabilizar geralmente por volta dos 20 anos de idade. Acima dos 40 anos de idade, graus baixos de miopia podem deixar a visão boa

Postado em Blog por cevipa
4 de agosto de 2016

Dra Juliana, médica da CEVIPA, especialista em Plástica Ocular com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, responde a dúvidas frequentes. Confira:

MAS, AFINAL, O QUE É DERMATOCALÁSE?

É o excesso de pele e proeminência das bolsas de gordura presentes sobre a palpebral superior e\ou inferior.

dermatocalaze-01

A DERMATOCALAZE PODE PROVOCAR ALGUM SINTOMA?

Sim, as pálpebras podem apresentar inchaço, principalmente pela manhã, sensação de peso ao ler, acúmulo de lagrima no canto externo  e diminuição do campo de visão periférico.

O nosso olhar expressa muitos sentimentos e é uma das características mais marcantes do semblante. A dermatocalaze pode provocar sintomas estéticos, por transparecer um aspecto cansado e envelhecido.

QUAL A SUA CAUSA?

Com o passar do tempo e

Postado em Blog por cevipa
13 de dezembro de 2015

Dra Juliana, médica da CEVIPA, especialista em Plástica Ocular com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, orienta sobre como resgatar uma aparência mais leve, descansada, harmônica e funcional.

COMO SURGEM AS RUGAS?

Ao nos expressar, chorar ou rir, os músculos da face contraem repetidamente, com o pa

ssar do tempo e exposição a radiação ultravioleta do sol, há o desenvolvimento de linhas de expressão profundas, tais como as linhas da testa, os “pés-de-galinha” e os vincos entre as sobrancelhas que podem ficar aparentes mesmo sem a contração muscular, resultando em uma aparência cansada e envelhecida.

linhas-de-expressao-02

Quando a linha de expressão é visível sem qualquer contração muscular, denomina-se linha de expressão estática, essas linhas tendem a se tornar mais profundas e aparentes com o t

empo. Já a linha de expressão dinâmica, fica aparente ape

Postado em Blog por cevipa
6 de dezembro de 2015

Na era da tecnologia que vivemos, computadores e tablets são comumente usados por adultos e mesmo crianças.

Com período prolongado de uso, pode provocar alguns sintomas na visão, principalmente fadiga ocular e olho seco.

Causa Com o brilho intenso das telas e a fixação constante, a frequência do piscar diminuí, gerando menor lubrificação ocular e consequente olho seco, que pode ser agravado por condições de baixa umidade local causada por ar condicionado. O foco constante as telas eletrônicas também pode gerar fadiga ocular. Dicas para aliviar a fadiga ocular: – Pisque de forma continua para lubrificar os olhos – Feche os olhos esporadicamente em torno de um minuto. – A cada duas horas de trabalho, pare por cinco minutos e olhe para o horizonte em algum objeto distante.

DR. MICHEL RUBIN

Médico Oftalmologista, CRM 31939

Diretor Clínico CEVIPA Oftalmologia Glaucoma – Catarata – Cirurgia Refrativa Residência médica e especialização: Santa Casa de São Paulo e Universidade da Califórnia de San Francisco.

Postado em Blog por cevipa
2 de dezembro de 2015

colirioColírios são medicações e seu uso sem a prescrição de seu oftalmologista pode causar sérios problemas oculares como glaucoma, catarata, úlcera de córnea, dentre outros. Como qualquer medicação, além de seu efeito principal, possuem efeitos colaterias, mais ou menos severos. Há ainda alguns colírios que possuem interação medicamentosa com medicações orais. Portanto somente uso colírios com a prescrição de seu oftalmologista!

Postado em Blog por cevipa