fbpx
WEE1’E32
1R24T1T3TY •

Diminua o risco de contágio de gripe e conjuntivite!

15 de maio de 2018

O simples hábito de lavar as mãos com frequência pode reduzir em até 40% a chance de adquirir conjuntivite e gripe!   O principal meio de contágio dessas infecções são as mãos. No caso da conjuntivite, devido a irritação ocular, é muito frequente colocarmos as mãos nos olhos e isso leva a um círculo vicioso em que você se re-infecta com o próprio agente infeccioso, desta forma é muito frequente iniciar as queixas em um olho e logo já iniciar os sintomas no outro. As mãos com lágrima e secreção contaminada ainda costuma ser o vetor, pois através dela há contato com área comuns, como fechadura da porta, torneiras, dentre outros. conjt   No caso da gripe e também de outras doenças infectocontagiosas, as maõs continuando sendo a vilã na propagação. Seus contato com a boca, pode facilitar o contágio, causando: amigdalite, gripe e mesmo infecções intestinais que cursam com diarreia. “Lavar as mãos com frequência e evitar seu contato com olhos e boca são medidas simples e extremamente eficazes na diminuição do contágio de gripe e conjuntivite”, aponta o oftalmologista Dr. Michel Rubin, Diretor Clínico da CEVIPA Oftalmologia em Curitiba. Além disso, na vigênc

Postado em Blog por Dr. Michel Rubin | Tags: , ,
4 de abril de 2018

A tecnologia virou uma grande aliada da Oftalmologia Moderna, deixando os procedimentos oftalmológicos, como exames e cirurgias, mais precisos, seguros e confortáveis aos pacientes. Um dos procedimentos que mais se beneficiou do avanço tecnológico foi a Cirurgia de correção dos erros refrativos – Miopia, Astigmatismo, Hipermetropia e Presbiopia.

Como funciona a Cirurgia Refrativa a Laser?

A Cirurgia Refrativa a Laser é um dos procedimentos cirúrgicos mais seguros dentro da Oftalmologia. Com o auxílio de computadores de precisão e laser de grande precisão, este procedimento é capaz de eliminar de forma permanente erros refrativos. O procedimento consiste em aplicar o laser de correção para remodelar a córnea, lente transparente que reveste o globo ocular, e corrigir o direcionamento dos feixes de luz. Com esta cirurgia, o paciente volta a enxergar bem em poucos dias, podendo eliminar a necessidade de uso de óculos e lentes de contato.  

A remodelagem da córnea pelo laser corretivo pode acontecer de 3 formas:

  • deixar a córnea mais plana, corrigindo a

Postado em Blog por cevipa | Tags: , ,
3 de abril de 2018

O Dr. Michel Rubin é diretor clínico da CEVIPA, Unidade Centro e da mais nova Unidade Juvevê. Coordena a área de Oftalmologia dos hospitais São Lucas e São Vicente. É membro de diversas sociedades e conselhos no Brasil e Estados Unidos em especialidades dentro das suas áreas de atuação. Formado em Oftalmologia pela Santa Casa de São Paulo e com especialização pela University of California, San Francisco, nos Estados Unidos, o Dr. Michel é médico oftalmologista especializado em catarata, cirurgia refrativa, glaucoma e ceratocone. Nesta entrevista, ele conta um pouco mais sobre as suas especialidades, fornece informações importantes sobre o atendimento das duas unidades da CEVIPA, como horário de atendimento, corpo clínico, formas de agendamento, tipos de tratamentos, entre outros. Aproveite a leitura e conheça um pouco mais do Dr. Michel Rubin oftalmologista em Curitiba:

Quais exames estão disponíveis na CEVIPA Oftalmologia?

Dispomos de centro diagnóstico moderno c

Postado em Blog por cevipa | Tags: ,
3 de abril de 2018

Após o sucesso alcançado em mais de 04 anos na Unidade Centro, a CEVIPA Oftalmologia inaugura a sua nova unidade no bairro Juvevê no hospital São Lucas.   A mesma qualidade que já estava disponível na Unidade Centro, agora também pode ser encontrada no mais novo endereço, com atendimento de excelência para os mais variados tratamentos oftalmológicos, entre eles: catarata, ceratocone, glaucoma, blefaroplastia e erros refrativos. Havendo necessidade de exames complementares, a maioria destes podem ser realizados no momento de seu atendimento, evitando retornos adicionais, aumentando a resolubilidade e valorizando seu precioso tempo. Venha conferir, a qualidade e o conforto que você já conhece com o corpo clínico que você confia.

Estrutura da nova Unidade da CEVIPA

A nova Unidade Juvevê foi pensada para oferecer atendimento de qualidade, conforto e segurança em um endereço privilegiado e de fácil acesso. Projetada especialmente para este fim, a nova unidade apresenta ambiente climatizado com fácil acessibilidade, inclusive a porta

Postado em Blog por cevipa | Tags: ,
28 de março de 2018

Faz parte do processo natural de vida do ser humano envelhecer com o passar dos anos. E junto com este envelhecimento, vem diversas mudanças no corpo que são apresentadas ao longo do tempo. Uma dessas mudanças é bastante comum e atinge pessoas principalmente a partir de 60 anos, a Catarata. É normal entre pessoas desta faixa etária achar que não há tratamento ou que é preciso conviver com essa doença como se fosse algo da idade. Mas isso não é verdade, a doença pode e deve ser tratada, para permitir uma melhor qualidade visual e por consequência propiciar que as atividades do dia a dia sejam realizadas sem dificuldades.

O que é a catarata?

De forma bem simples, a Catarata acontece quando o cristalino, que é a lente natural de nosso olho, se torna opaco e prejudica a qualidade da visão, fazendo com que ela fique embaçada e turva. O cristalino, está localizado atrás da íris, e é responsável por receber os raios de luz, filtrá-los para enviar a imagem nítida ao cérebro. Com esse embaçamento do cristalino, as imagens chegam sem nitidez à retina e prejudicam consideravelmente a visão do paciente. Como consequência, pode também trazer outros danos à saúde, como a depressão, isolamento social e aumento no risco de quedas além de outros acidentes. Lembrando que a queda em um paciente com mais idade, apresenta consequ

Postado em Blog por cevipa | Tags: , ,
28 de março de 2018

Apesar de não ser uma das doenças oculares mais conhecidas, o Ceratocone apresenta um número de incidência maior do que se possa imaginar – cerca de 1 a cada 2000 pessoas apresentam a doença.

O que é Ceratocone

É uma doença ocular que tende a ser progressiva e provoca o afinamento e aumento da curvatura da córnea, deixando-a com um formato cônico e pontudo. A principal característica do Ceratocone é a queda acentuada da acuidade visual e ausência de estabilidade do grau, com aumentos constantes no grau dos óculos. Em sua fase inicial ainda é possível obter boa visão, entretanto, com a progressão a qualidade visual começa a ser comprometida levando a dificuldades mesmo com o uso de óculos.  

Causas

Existem dois fatores gatilhos para o desenvolvimento da doença. Um é a herança genética, não obrigatória: pessoas com casos de ceratocone na família, principalmente entre parentes de primeiro grau, têm maiores chances de desenvolver a doença, necessitando de acompanhamento frequente, para caso desenvolva a doença, o diagnóstico seja realizado de forma precoce, quando existe maior possibilidade de se manter boa qualidade visual. O outro fator é externo e está associado ao hábito de coçar os olhos de forma incessante. “Principalmente em córn

28 de março de 2018

Passado o Carnaval, é hora de retomar as atividades normais do ano. Muitas crianças já estavam em aulas antes do recesso carnavalesco, outras vão retomar os estudos agora. Mas há algo que os pais precisam saber para que as crianças tenham um bom rendimento escolar: cuidar da visão das crianças é fundamental para que elas tenham um bom aprendizado. O bom rendimento escolar das crianças e jovens tem relação direta com a boa visão. A relação pode ser explicada da seguinte forma: enxergando bem, o interesse pelas matérias estudadas tende a se manter elevado, o foco e atenção ficam direcionados nos estudos e os assuntos são melhor absorvidos durante as aulas – o que provoca impacto direto no boletim de final de ano. A queda no rendimento escolar pode ser explicada por algo complexos, como distúrbios de atenção ou hiperatividade, mas muitas vezes pode ser algo mais simples, como a queda na qualidade da visão. Os erros refrativosMiopia, Hipermetropia e Astigmatismo – são as 3 doenças oculares mais comuns em crianças e jovens em fase escolar. Estima-se que 1 em cada 5 crianças apresentem alguma destas doenças já nos primeiros anos da vida acadêmica.

O que são os Erros Refrativos

Os erros refrativos são alterações das estruturas oculares, que atrapalham o processo completo da visão. Eles não são

Postado em Blog por cevipa | Tags: , , ,
27 de março de 2018

REPORTAGEM CONCEDIDA AO CADERNO VIVERBEM SAÚDE DA GAZETA DO POVO. Dr. Michel Rubin além de Diretor Clínico da Cevipa Oftalmologia – Unidades Centro e Juvevê, é membro da sociedade brasileira e americana de Catarata e Cirurgia Refrativa, com formação na Santa Casa de São Paulo e Universidade da Califórnia de San Francisco. viverbem-1  

Postado em Blog por Dr. Michel Rubin | Tags: , , ,
13 de janeiro de 2018

Aproximadamente 70% dos ceratocones ou não apresentam progressão ou tem mínima piora com o tempo, entretanto os 30% restantes costumam piorar progressivamente. A progressão do ceratocone reflete em piora na quantidade e também na qualidade visual.   É muito importante diferenciar se o ceratocone esta estável ou piorando, isso é possível através da avaliação do grau e principalmente exames complementares como a topografia, que verifica a curvatura da córnea e a paquimetria que verifica a sua espessura.     A periodicidade da avaliação depende de uma série de fatores como a suspeita de progressão, severidade da doença, idade e visão. Podendo ser trimestral ou mesmo anual. A CEVIPA OFTALMOLOGIA proporciona a possibilidade de você realizar seus exames no momento de sua consulta, no mesmo local físico, valorizando o seu tempo e evitando retornos adicionais.   Com o advento do CROSSLINKING corneal, é possível enrijecer a córnea, evitando alteração em sua curvatura e consequente progressão, estando indicado apenas nos casos em que haja comprovação desta piora.   Com um diagnóstico precoce, podemos evitar piora do ceratocone e manter uma boa visão na grande maioria dos casos, desde que haja uma acompanhamento adequado. Nestas situações, se houver progressão, haverá detecç

Postado em Blog por Dr. Michel Rubin
18 de agosto de 2016

Este diagnóstico pode gerar confusão e mesmo insegurança, já que o termo suspeito não confirma ou excluí o diagnóstico. Dr, Michel Rubin, especialista em Glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e Universidade da California – San Francisco, responde a questionamentos sobre o glaucoma e a importância do seguimento adequado para os pacientes com propensão a desenvolver glaucoma.

Caso tenha qualquer dúvida, não hesite em nos contactar, através do e-mail: atendimento@cevipa.com.br ou pelo telefone (41) 3029.0099.

O QUE É GLAUCOMA?

Glaucoma é uma doença que afeta aproximadamente 4% da população acima de 40 anos e pode levar a perda progressiva do campo de visão, sem provocar sintomas, já que a visão central continua normal. Quando a dificuldade visual é notada, a visão já foi seriamente comprometida e o risco de cegueira torna-se grande. Infelizmente, a perda de visão devido ao Glaucoma é irreversível, mesmo com tratamento, que pode ser com colírios, laser ou cirúrgico.

suspeita-glaucoma-01

Postado em Blog por cevipa