WEE1’E32
1R24T1T3TY •

Catarata

Catarata
6 de julho de 2015

A catarata pode causar borramento visual, diminuição do brilho/contraste e interferir em sua qualidade de vida.

Dr. Michel Rubin, médico oftalmologista da CEVIPA, especialista em cirurgia refrativa, catarata e glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco, lhe preparou um material explicativo para que você compreenda e tenha acesso a todas opções para tratamento e tome a melhor decisão para o seu caso. Confira:

catarata-01

Não deixe a catarata atrapalhar os bons momentos que a vida tem a lhe oferecer!

O QUE É CATARATA? O QUE ELA CAUSA?

A lente natural do olho humano chama-se cristalino, com o passar dos anos este pode tornar-se opaco, levando a uma visão nebulosa com piora progressiva ao longo do tempo.

catarata_cevipa_curitiba

O efeito é semelhante ao olhar através de uma janela com vidro opaco, apesar de ser possível ver o meio exterior, já há um borramento visual e as cores encontram-se menos vibrantes.

cevipa_catarata_curitiba

Halos e glare noturnos: efeito comum em condições de baixo contraste na presença de catarata.

QUAL SEU TRATAMENTO?

Por tratar-se de uma opacidade dentro da lente dos olhos, colírio ou óculos não tem ação, sendo o único tratamento, a cirurgia.

TENHO CATARATA E USO ÓCULOS, HÁ ALGUMA POSSIBILIDADE DE ME LIVRAR DO USO DE ÓCULOS?

Além de melhorar sua visão com a retirada da catarata, a utilização de modernas lente intra-oculares que são implantadas no lugar da lente natural opaca (catarata), pode também deixá-lo com uma visão nítida e menos dependente ou até mesmo independente do uso de óculos.

presbiopia-02

Ou seja, há tecnologia para tratar a catarata e ao mesmo tempo, deixa-lo sem o uso dos óculos para longe e inclusive para perto na maior parte dos casos, mesmo quando o uso de óculos, aconteceu na maior parte de sua vida.

A CIRURGIA DE CATARATA É SEGURA?

A maioria dos pacientes sente-se com medo de submeter-se a uma cirurgia. Na verdade, antigamente a cirurgia de catarata era realizada com técnica totalmente diferentes das atuais, com grandes incisões, sem implante de lente intra-ocular e com pontos, assim era necessário o uso de óculos com graus muito elevados e o resultado era pouco previsível. Houve grande avanço na técnica, modernização dos aparelhos e lentes intra-oculares, sendo considerada atualmente uma cirurgia muito segura e previsível. Como qualquer cirurgia, há riscos, mas são considerados baixos em comparação as demais cirurgias.

HÁ DIFERENTES TÉCNICAS PARA A CIRURGIA DE CATARATA? QUAL O DR. UTILIZA?

Sim, há variações na técnica, anestesia utilizada, tamanho na incisão e aparelho a ser utilizado. Utilizamos equipamentos de altíssima tecnologia, classificados dentre os melhores disponíveis. Opto pela técnica da microincisão com anestesia tópica, proporcionando a nossos pacientes maior segurança, comodidade sem a necessidade de ponto e de uso de tampão ocular e possibilitando retorno mais precoce a suas atividades cotidianas.

POSSO ESCOLHER A LENTE INTRA-OCULAR QUE SERÁ IMPLANTADA?

Tão importante quanto a decisão em se realizar a cirurgia de catarata é a escolha da lente intra-ocular a ser implantada. Diferentemente de um óculos, que pode ser descartado e trocado, caso a qualidade não seja boa, a lente intra-ocular é implantada objetivando lhe proporcionar uma boa visão para o resto de sua vida, não sendo recomendável qualquer tipo de troca. Há diversas opções de lentes intra-oculares no mercado, com importantes diferenças entre elas, como: material que é feita, que pode causar mais opacidade do suporte, necessitando tratamento posterior a laser, lentes esféricas apresentam mais aberrações, que são desvios indesejados dos raios de luz, percebidos como deformação ou embaçamento da imagem, menor ou maior sensibilidade contraste e cores, dentre outras.

 Utilizamos apenas lentes dos melhores laboratórios do mundo, pois acreditamos que qualidade de visão é qualidade de vida.

implante-da-lente-intra-ocular

Fase da cirurgia de catarata: Implante da lente intra-ocular.

ENTENDI QUE É RECOMENDAVEL COLOCAR UMA LENTE DE QUALIDADE, MAS QUAL A DIFERENÇA ENTRE AS OPÇÕES DE LENTES QUE ME FOI OFERECIDA?

Embora todas as lentes intra-oculares de qualidade melhorem a visão, uma vez que a catarata é retirada, existem diferenças entre elas. Basicamente, existem lentes intra-oculares:

  • MONOFOCAIS

Podem reduzir ou, em alguns casos, retirar a necessidade de uso de óculos para longe, por agir na miopia / hipermetropia que possa existir, mas haverá necessidade de uso de óculos principalmente para perto. Utilizamos lentes monofocais esféricas da marca TECNIS, lentes estas com propriedades que fornecessem a melhor visão de cores e excelente qualidade óptica.

  • TÓRICAS:

Casos em que haja presença de astigmastismo (irregularidade da córnea detectada através de um exame chamado topografia), além da catarata, continuarão necessitando uso de óculos para perto e longe, caso optem por uma lente monofocal não tórica. Há presença de astigmatismo em aproximadamente 30% dos casos.

Lentes tóricas fazem também a correção do astigmatismo.

  • MULTIFOCAIS OU LENTES DE FOCO ESTENDIDO

Costumam proporcionar ótima qualidade visual para perto e para longe. Embora a maioria de seus usuários façam todas suas atividades com independência (sem nenhuma necessidade) ao uso de óculos e lentes de contato, em poucos casos, pode-se preferir seu uso para algumas atividades específicas, portanto com essas lentes há independência ou diminuição importante na dependência no uso de óculos e lentes de contato.

Lentes de foco estendido como a SYMPHONY proporcionam excelente qualidade visual para longe e ótima visão intermediária (distância de uso de computador, celular e tablet por exemplo), uma das principais queixas de quem coloca lentes multifocais exclusivamente.

  • MULTIFOCAIS OU LENTES DE FOCO ESTENDIDO TÓRICAS

Pode ser indicada, na presença de astigmatismo associado à catarata, em pessoas que querem diminuir ou mesmo eliminar a necessidade de uso de óculos para perto e longe, uma vez que este tipo de lente trata a catarata, miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

TODOS PODEM ESCOLHER DENTRE ESSAS OPÇÕES DE LENTES INTRAOCULARES?

A indicação da lente intra-ocular que pode ser implantada em cada caso, depende de uma série de exames clínicos e complementares. Embora não haja garantia que você não terá mais necessidade de uso de óculos em todas circunstâncias, dependendo da escolha da lente intra-ocular, pode sim haver diminuição da dependência ou mesmo independência no uso de óculos. Converse com seu médico e tire suas dúvidas em relação às opções que foram dadas.

Assista o vídeo abaixo e confira mais informações:

Abaixo entrevistas e reportagens com o especialista Dr.Michel Rubin, publicada na imprensa.

Confira a entrevista realizada pelo Dr. Michel Rubin no Jornal da BAND sobre catarata.

Caso tenha alguma dúvida ou já seja nosso paciente e tenha interesse em agendar sua cirurgia, entre em contato conosco.

Postado em Blog por cevipa