fbpx
WEE1’E32
1R24T1T3TY •

Catarata

Catarata
6 de julho de 2015

A catarata pode causar borramento visual, diminuição do brilho/contraste e interferir em sua qualidade de vida.

Dr. Michel Rubin:

  • Médico oftalmologista da CEVIPA, especialista em cirurgia refrativa, catarata e glaucoma com formação na Santa Casa de São Paulo e University of California San Francisco.
  • Preceptor de CATARATA atuando no ensino desta cirurgia aos médicos residentes do Hopital Angelina Caron.
  • Voluntário da ONG Expedicionários da Sáude prestando atendimento cirúrgico aos índios isolados na Amazônia.

Lhe preparou um material explicativo para que você compreenda e tenha acesso a todas opções para tratamento e tome a melhor decisão para o seu caso. Confira:

catarata-01

Não deixe a catarata atrapalhar os bons momentos que a vida tem a lhe oferecer!

O QUE É CATARATA? O QUE ELA CAUSA?

A lente natural do olho humano chama-se cristalino, com o passar dos anos este pode tornar-se opaco, levando a uma visão nebulosa com piora progressiva ao longo do tempo.

catarata_cevipa_curitiba

O efeito é semelhante ao olhar através de uma janela com vidro opaco, apesar de ser possível ver o meio exterior, já há um borramento visual e as cores encontram-se menos vibrantes.

cevipa_catarata_curitiba

Halos e glare noturnos: efeito comum em condições de baixo contraste na presença de catarata.

QUAL SEU TRATAMENTO?

Por tratar-se de uma opacidade dentro da lente dos olhos, colírio ou óculos não tem ação, sendo o único tratamento, a cirurgia.

TENHO CATARATA E USO ÓCULOS, HÁ ALGUMA POSSIBILIDADE DE ME LIVRAR DO USO DE ÓCULOS?

Além de melhorar sua visão com a retirada da catarata, a utilização de modernas lente intra-oculares que são implantadas no lugar da lente natural opaca (catarata), pode também deixá-lo com uma visão nítida e menos dependente ou até mesmo independente do uso de óculos.

presbiopia-02

Ou seja, há tecnologia para tratar a catarata e ao mesmo tempo, deixa-lo sem o uso dos óculos para longe e inclusive para perto na maior parte dos casos, mesmo quando o uso de óculos, aconteceu na maior parte de sua vida.

A CIRURGIA DE CATARATA É SEGURA?

A maioria dos pacientes sente-se com medo de submeter-se a uma cirurgia. Na verdade, antigamente a cirurgia de catarata era realizada com técnica totalmente diferentes das atuais, com grandes incisões, sem implante de lente intra-ocular e com pontos, assim era necessário o uso de óculos com graus muito elevados e o resultado era pouco previsível. Houve grande avanço na técnica, modernização dos aparelhos e lentes intra-oculares, sendo considerada atualmente uma cirurgia muito segura e previsível. Como qualquer cirurgia, há riscos, mas são considerados baixos em comparação as demais cirurgias.

HÁ DIFERENTES TÉCNICAS PARA A CIRURGIA DE CATARATA? QUAL O DR. UTILIZA?

Sim, há variações na técnica, anestesia utilizada, tamanho na incisão e aparelho a ser utilizado. Utilizamos equipamentos de altíssima tecnologia, classificados dentre os melhores disponíveis. Opto pela técnica da microincisão com anestesia tópica, proporcionando a nossos pacientes maior segurança, comodidade sem a necessidade de ponto e de uso de tampão ocular e possibilitando retorno mais precoce a suas atividades cotidianas.

POSSO ESCOLHER A LENTE INTRA-OCULAR QUE SERÁ IMPLANTADA?

Tão importante quanto a decisão em se realizar a cirurgia de catarata é a escolha da lente intra-ocular a ser implantada. Diferentemente de um óculos, que pode ser descartado e trocado, caso a qualidade não seja boa, a lente intra-ocular é implantada objetivando lhe proporcionar uma boa visão para o resto de sua vida, não sendo recomendável qualquer tipo de troca. Há diversas opções de lentes intra-oculares no mercado, com importantes diferenças entre elas, como: material que é feita, que pode causar mais opacidade do suporte, necessitando tratamento posterior a laser, lentes esféricas apresentam mais aberrações, que são desvios indesejados dos raios de luz, percebidos como deformação ou embaçamento da imagem, menor ou maior sensibilidade contraste e cores, dentre outras.

 Utilizamos apenas lentes dos melhores laboratórios do mundo, pois acreditamos que qualidade de visão é qualidade de vida.

implante-da-lente-intra-ocular

Fase da cirurgia de catarata: Implante da lente intra-ocular.

ENTENDI QUE É RECOMENDAVEL COLOCAR UMA LENTE DE QUALIDADE, MAS QUAL A DIFERENÇA ENTRE AS OPÇÕES DE LENTES QUE ME FOI OFERECIDA?

Embora todas as lentes intra-oculares de qualidade melhorem a visão, uma vez que a catarata é retirada, existem diferenças entre elas. Basicamente, existem lentes intra-oculares:

  • MONOFOCAIS ESFÉRICAS VS. ASFÉRICAS

As lentes cobertas pelos convênios são geralmente esféricas e hidrofílicas, ou seja, lentes intra-oculares que corrigirão sua catarata e lhe proporcionarão boa visão, porém apresenta, menor potencial de percepção de contraste, o que pode causar certa dificuldade em visão noturna por exemplo, além disso apresentam material que possuem índice de opacidade de cápsula com mais frequência, podendo haver sintomas semelhantes ao da catarata, sendo necessário laser (capsulotomia) para retirar a opacidade posteriormente.

Lentes monofocais podem reduzir ou, em alguns casos, retirar a necessidade de uso de óculos para longe, por agir na miopia / hipermetropia que possa existir, mas haverá necessidade de uso de óculos principalmente para perto. Damos preferência por lentes monofocais asféricas importadas, lentes estas com propriedades que fornecessem excelente visão de cores, sensibilidade ao contraste com uma excelente qualidade óptica.

 

 

  • TÓRICAS:

Casos em que haja presença de astigmastismo (irregularidade da córnea detectada através de um exame chamado topografia), além da catarata, continuarão necessitando uso de óculos para perto e longe, caso optem por uma lente monofocal não tórica. Há presença de astigmatismo em aproximadamente 30% dos casos.

Lentes tóricas fazem também a correção do astigmatismo.

 

  • MULTIFOCAIS OU LENTES DE FOCO ESTENDIDO

Costumam proporcionar ótima qualidade visual para perto e para longe. Embora a maioria de seus usuários façam todas suas atividades com independência (sem nenhuma necessidade) ao uso de óculos e lentes de contato, em poucos casos, pode-se preferir seu uso para algumas atividades específicas, portanto com essas lentes há independência ou diminuição importante na dependência no uso de óculos e lentes de contato.

Lentes de foco estendido como a SYMPHONY proporcionam excelente qualidade visual para longe e ótima visão intermediária (distância de uso de computador, celular e tablet por exemplo), uma das principais queixas de quem coloca lentes multifocais exclusivamente.

  • MULTIFOCAIS OU LENTES DE FOCO ESTENDIDO TÓRICAS

Pode ser indicada, na presença de astigmatismo associado à catarata, em pessoas que querem diminuir ou mesmo eliminar a necessidade de uso de óculos para perto e longe, uma vez que este tipo de lente trata a catarata, miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

TODOS PODEM ESCOLHER DENTRE ESSAS OPÇÕES DE LENTES INTRAOCULARES?

A indicação da lente intra-ocular que pode ser implantada em cada caso, depende de uma série de exames clínicos e complementares. Embora não haja garantia que você não terá mais necessidade de uso de óculos em todas circunstâncias, dependendo da escolha da lente intra-ocular, pode sim haver diminuição da dependência ou mesmo independência no uso de óculos. Converse com seu médico e tire suas dúvidas em relação às opções que foram dadas.

Assista o vídeo abaixo e confira mais informações:

Abaixo entrevistas e reportagens com o especialista Dr.Michel Rubin, publicada na imprensa.

Confira a entrevista realizada pelo Dr. Michel Rubin no Jornal da BAND sobre catarata.

Caso tenha alguma dúvida ou já seja nosso paciente e tenha interesse em agendar sua cirurgia, entre em contato conosco.

Postado em Blog por cevipa
Bem vindo a Cevipa Oftalmologia!
Como podemos lhe ajudar?
Powered by